• ju9102

A EXPERIÊNCIA DE UM SOCCER CAMP FEMININO

Recentemente, tive a oportunidade de participar de um projeto incrível: o Soccer Camp Donas da Rua! Mas antes de rasgar elogios a minha amiga Ju Vergueiro e ao incrível trabalho das “coaches”, vou apresentar rapidamente o projeto Donas da Rua da empresa Maurício de Souza.



Quem nunca leu um gibi da Mônica nessa vida? Eu até hoje leio quando vou ao meu dentista, que tem os mesmos gibis há uns 15 anos hahaha. Bom, para quem não sabe, a Mônica estreou nas tirinhas do Cebolinha em 63 e já se posicionou como a dona da rua, mostrando que meninas poderiam ter o espaço que queriam. E desde então as histórias tem se posicionado de maneiras diferentes, seja falando de empoderamento feminino, inclusão social, direitos lgbt, etc.

“Desde 2007, a personagem Mônica é embaixadora do Unicef (Fundo das Nações Unidas pela Infância) e defende os direitos das crianças e adolescentes. E, em 2016, a Maurício de Sousa Produções assinou os Princípios de Empoderamento das Mulheres da ONU — uma iniciativa da ONU Mulheres e do Pacto Global que orienta o setor privado na promoção da Igualdade de Gênero no ambiente de trabalho, mercado e comunidade. O projeto Donas da Rua conta com a parceria da ONU Mulheres, a Entidade das Nações Unidas para a Igualdade de Gênero e o Empoderamento das Mulheres. Fundamentada na visão de igualdade consagrada na Carta das Nações Unidas, a ONU Mulheres, entre outras questões, trabalha para a eliminação da discriminação contra as mulheres e meninas e a realização da igualdade entre mulheres e homens como parceiros e beneficiários do desenvolvimento, direitos humanos, ação humanitária, paz e segurança.”

O projeto Donas da Rua tem um objetivo muito poderoso: contribuir para que os direitos das meninas sejam respeitados, para que elas possam ser o que quiserem ser.


O Pelado Real (escola de futebol feminino) se juntou a esse projeto e criou o Soccer Camp Donas da Rua. Exclusivo para meninas, o projeto tem um espaço seguro para que meninas possam se desenvolver no futebol. E não apenas em campo, mas também como mulheres. Pude ver de perto como conceitos de liderança, empoderamento e trabalho em equipe foram diariamente introduzidos nas atividades. Além disso, esse ano, 2 treinadoras da Julie Foudy Sports Leadership Academy estiveram presentes, assim como atletas dos Estados Unidos e Bolívia, ou seja, uma oportunidade única de integração cultural entre as meninas.

Esse foi o 7º soccer camp realizado e quando a Ju me convidou para participar aceitei na mesma hora porque sempre quis conhecer o projeto de perto. Não tinha ideia do que esperar, mas minhas expectativas foram todas superadas. O trabalho incansável das coaches em proporcionar um ambiente acolhedor e de aprendizado, a conexão entre as meninas, a busca por excelência em todos os aspectos, foram alguns dos detalhes que fizeram toda a diferença. É claro que em um acampamento de futebol o objetivo é melhorar no esporte, mas o Camp DDR vai muito além disso.


Cheguei lá sem conhecer ninguém, nem as coaches, nem as atletas. Fui recebida de braços abertos e logo no segundo dia já me sentia parte do time. A cultura criada dentro do Pelado Real era facilmente espalhada entre as meninas que não faziam parte da escola e estavam lá pela primeira vez. Um sentimento de família foi criado e tenho certeza que será cultivado entre todas.


A participação das coaches internacionais foi a cereja do bolo. Elas trouxeram muitos fundamentos de liderança e trabalho em equipe, e ao longo da semana consegui ver meninas evoluindo e aplicando o que estavam aprendendo dentro de campo. É muito incrível ver essa evolução de perto e em tão pouco tempo. Dá muita esperança para o futuro ver a nova geração tendo oportunidades como essa e aproveitando. Porque ali elas estavam “em casa”, seguras, então podiam errar, aprender e acertar.


O futebol feminino tem um lugar especial no meu coração. Foi onde tive minha primeira experiência de trabalho quando mudei minha carreira para área esportiva, é o único futebol que eu consigo assistir e torcer hoje em dia, mas principalmente, é o esporte que eu encontro profissionais que me inspiram. Bia, Lana, Matsu, Ju, Maysa e Duda, vocês entraram para a lista de mulheres f***** e faço questão de acompanhar daqui para frente. Sou fã do Pelado Real e sempre soube que a Ju V estava escolhendo pessoas incríveis para realizar esse sonho. O Camp foi um sucesso porque vocês colocaram corpo e alma para ele acontecer. Vocês são exemplo de profissionais e de liderança para as meninas que tiveram a sorte de estar ao lado de vocês.


Obrigada por me acolherem, por me ensinarem tanto! Quem não conhece o projeto, sugiro fortemente conhecer. Aliás, OS projetos. Pelado Real, Donas da Rua e Soccer Camp Donas da Rua.

13 visualizações1 comentário